Editorias
Quinta-feira, 25 de Junho de 2020 08:44 - Gabinete do Prefeito

Para evitar aglomerações, Prefeitura suspende funcionamento de feiras livres

Vigilância Sanitária realizou ações para conscientizar população e comerciantes, mas não houve avanço positivo

Feiras livres estão suspensas em Imbé Foto: Ivan de Andrade / Ac Feiras livres estão suspensas em Imbé

As feiras livres de comércio de produtos estão temporariamente suspensas em Imbé. O comunicado foi feito pelo prefeito Pierre Emerim na tarde desta quarta-feira (24) e vale, inicialmente, por 14 dias, conforme o Decreto Municipal 3.731/2020. As frequentes denúncias de desrespeito às regras de distanciamento para evitar aglomeração motivaram a decisão. “Não podemos nos responsabilizar por uma eventual contaminação em massa, ainda que num local aberto. A Vigilância Sanitária realizou ações nestes locais na tentativa de conscientizar a população e os comerciantes que utilizam estes espaços, mas não houve avanço positivo”, comentou o prefeito.

 

A suspensão temporária vale para as feiras livres realizadas às terças na esquina das avenidas Santa Rosa e Tramandaí, no Centro; às quartas na Avenida Mariluz, no balneário Mariluz; às sextas na esquina da Avenida Paraguassú com a Rua Frederico Westphalen, no Centro; e aos sábados na esquina da Avenida Paraguassú com a Rua Edith de Lourdes, no balneário Santa Terezinha. A Ecofeira – feira de produtos orgânicos realizada no estacionamento do Centro Administrativo Municipal – seguirá funcionando normalmente, às sextas, das 7h às 12h.

 

Conforme Pierre, a entrada do município na relação de cidades gaúchas com bandeira vermelha no Modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado impôs diversas restrições no funcionamento do comércio e de outras atividades. As feiras, por exemplo, tinham permissão para funcionar, mas o desrespeito às exigências sanitárias não deixou outra alternativa. “São medidas necessárias para que não sejamos penalizados, a nível de região, com um convívio cada vez mais restritivo”, sentencia o prefeito. “Quanto maior a aglomeração, maior a incidência de casos e, consequentemente, a restrição das atividades. A irresponsabilidade de alguns faz com que todos saiam perdendo, e nós não podemos brincar com esse risco de contágio”, finaliza.

 

Denúncias sobre aglomeração e outras práticas de desrespeito às normas sanitárias vigentes podem ser feitas diretamente à Vigilância Sanitária, através do telefone (51) 3627-8287, ou para a Guarda Municipal no (51) 3627-8296. “Pedimos a colaboração não apenas dos moradores em geral, mas dos comerciantes, que neste momento precisam ser exemplo para que possam manter suas atividades em funcionamento, obedecendo as regras do Estado”, finaliza o prefeito.

 


 

TEXTO: Talis Ramon

 

Prefeitura Municipal de Imbé | Para viver sempre bem.
Av. Paraguassú, 1043
Fone: (51) 3627-8200