Editorias
Quarta-feira, 27 de Novembro de 2019 10:00 - Meio Ambiente, Pesca e Agricultura

Prefeitura investe no controle de mormo

A fim de auxiliar no incentivo aos proprietários de equinos no município de Imbé, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Pesca, Proteção Animal e Agricultura (SEMMAPA), passará a investir no controle de doenças infectocontagiosas e do mormo. De autoria do vereador Régis Cacetinho (MDB), a Lei Municipal 2.080, instituiu o Programa sobre o Controle do Mormo e Anemia Infecciosa Equina em Imbé e foi debatida durante encontro no Gabinete do Prefeito Pierre Emerim nessa terça-feira (26).

 

O mormo é uma doença infecciosa que acomete, principalmente, os equinos. Ela não tem vacina, nem tratamento, e é causada pela bactéria Burkholderia mallei que é rapidamente inativada pelo calor, raios solares diretos e por desinfetantes comuns como hipoclorito de sódio. A doença é transmitida pelo contato com o material infectante, tanto diretamente com secreções do doente, quanto indiretamente por meio de bebedouros, comedouros ou equipamentos contaminados. O risco de uma epidemia é considerado baixo se houver o controle, realizado por meio da apresentação de exames negativos para a doença.

 

A Prefeitura passará a disponibilizar, por meio da SEMMAPA, de um médico veterinário habilitado para realização de exames do controle do mormo e anemia infecciosa equina. O proprietário do animal que deseja aderir ao programa deverá realizar cadastro junto a SEMMAPA. O encontro também teve a participação do vice-prefeito Ique Vedovatto, representantes da SEMMAPA e tradicionalistas do município.


Texto: Ronaldo Berwanger

Fotos

NV - Controle mormo Uma imagem na galeria

Foto:
Prefeitura Municipal de Imbé | Para viver sempre bem.
Av. Paraguassú, 1043
Fone: (51) 3627-8200