Editorias
Quinta-feira, 05 de Setembro de 2019 14:53 - Segurança Pública e Trânsito

Coordenação regional da Defesa Civil visita Imbé

Coordenação estadual da Defesa Civil gaúcha visitou Imbé Foto: Divulgação / SEMUSP- Coordenação estadual da Defesa Civil gaúcha visitou Imbé

O secretário de Segurança Pública e Trânsito de Imbé, Marco Antonio Silva, recebeu nesta semana a visita de representantes da Região 1 da Defesa Civil do Rio Grande do Sul. Líderes da Coordenadoria Regional de Proteção e Defesa Civil (CREPDEC 1), major Carlos Alberto Aguiar Junior e major Adriano Zanine estão iniciando os trabalhos no órgão e visitando os 68 municípios do Litoral Norte e da região metropolitana de Porto Alegre que integram a área de abrangência da coordenadoria.

 

Durante o encontro, os oficiais ressaltaram a importância da estrutura de Defesa Civil em cada município para prestar auxílio à comunidade em situações de emergência. O titular da SEMUSP-T, que também é coordenador da Defesa Civil em Imbé, destacou que a aproximação com o órgão estadual é fundamental para a estruturação da base municipal. “Procuramos sempre trabalhar de forma integrada. Ainda que os registros de desastres naturais sejam pequenos em nossa região, precisamos ter equipes preparadas, qualificadas e prontas para atuar na prevenção, preparação e resposta de forma imediata aos nossos moradores e veranistas”, explica Marco Antonio.

 

Sobre a CREPDEC

 

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Rio Grande do Sul está diretamente ligada a Casa Militar do Gabinete do Governador é um órgão integrante do Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec). O órgão atua nas fases de prevenção, mitigação, preparação, resposta e reconstrução de cenários, nos desastres naturais ou provocados pelo homem. Em conjunto com a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, ela é responsável por coordenar as ações realizadas pela Defesa Civil dos municípios.

 

Também conta com o apoio de órgãos parceiros como universidades, institutos de pesquisa e meteorologia, secretarias de estado, entre outras, que melhor qualificam a antecipação e a resposta aos desastres. Vale-se, também, da tecnologia da informação para identificar vulnerabilidades, propor medidas de proteção e contingenciamento, sempre visando a qualidade de vida da população gaúcha.

 


 

TEXTO: Talis Ramon

 

Prefeitura Municipal de Imbé | Para viver sempre bem.
Av. Paraguassú, 1043
Fone: (51) 3627-8200